Ligue-se a
Descobrir

Publicado há

em

O novo álbum de Captain Boy já está disponível. O disco ‘Memories and Bad Photographs’ é o segundo longa duração do músico e compositor vimaranense. A edição do álbum é acompanhada pela estreia do videoclipe de ‘I Left My Shoes Outside’, tema que fala sobre o desconforto que, por vezes, surge com a necessidade de sermos honestos com aqueles que amamos.

‘Memories and Bad Photographs’ conta com oito músicas criadas a partir de memórias (das memórias) de pessoas que fizeram parte da vida do artista ou de episódios que o marcaram. Da homenagem à avó, em ‘Carminda’, ao elogio à pontualidade do cão de família, em ‘Song To My Dog’, passando pela desilusão com as rotinas, em ‘Rusty Smiles’, e pelo desconforto (por vezes necessário) de ‘I Left My Shoes Outside’, é um disco que se distingue do antecessor por ser assumidamente autobiográfico – zero personagens, tudo autor –, quer pelas memórias que servem de inspiração a cada tema, quer pelas fotografias de autoria própria que acompanham cada canção na edição física do disco.

O novo disco surge mais de dois anos e meio depois da edição do LP de estreia. É o resultado de uma caminhada de crescimento e transformação que culminou num processo de idealização, composição e gravação diferente do utilizado no primeiro álbum: para além da autoria de todas as letras e músicas, Captain Boy assumiu a gravação de praticamente todos os instrumentos ouvidos no álbum. Contou com o apoio de Giliano Boucinha (Paraguaii), na produção, de Tiago Pereira, nas percussões, e de Timothy Stollenwerk, engenheiro de som de Morphine, The Dandy Warhols e Kevin Morby, na masterização.

O novo disco vai ser apresentado numa tour que arranca já esta noite com uma actuação em Guimarães, terra natal de Captain Boy, no âmbito do Festival de Outono.

Continuar a ler...
Comentar (clique aqui)

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Música

Côa Summer Fest nomeado para os Iberian Festival Awards

O festival, o único da região a concurso, é ainda destaque na categoria de melhor performance com a atuação de Murta, o cantor que ficou conhecido no The Voice e que lançou, recentemente, o seu primeiro álbum “D’Art Vida”, que está nomeado entre outros nomes como Dino S’antiago, Blasted Mechanism ou Stereossauro. Na categoria de melhor fotografia está na corrida uma imagem do concerto de Estraca, promessa do hip hop que atuou em Vila Nova de Foz Coa pela primeira vez, registada por Sara Franco.

Descobrir

Publicado há

em

Por:

GlowBubble

O Côa Summer Fest está nomeado para a 5.ª edição dos Iberian Festival Awards, prémios que visam distinguir os melhores festivais musicais portugueses e espanhóis. O evento foz-coense, que já esteve nomeado, em 2016, para melhor festival de pequena dimensão, volta este ano à competição na mesma categoria e também nas de melhor programa cultural, melhor fotografia e melhor performance. As votações para eleger os vencedores decorrem online, até dia 7 de janeiro.

“Sermos nomeados entre dezenas de bons festivais e em diferentes áreas é extremamente gratificante, sobretudo quando caminhamos para o décimo aniversário do nosso festival. O Côa Summer Fest é para nós um projeto muito especial, feito por jovens e para jovens, sempre com o objetivo de colocar Foz Côa no mapa, pelo que ser distinguidos em áreas como programa cultural ou de melhor festival de pequena dimensão vem validar o nosso trabalho e evidenciar que estamos, de facto, a criar uma marca no panorama musical e cultural português”, refere Rui Pedro Pimenta, da organização do Côa Summer Fest.

O festival, o único da região a concurso, é ainda destaque na categoria de melhor performance com a atuação de Murta, o cantor que ficou conhecido no The Voice e que lançou, recentemente, o seu primeiro álbum “D’Art Vida”, que está nomeado entre outros nomes como Dino S’antiago, Blasted Mechanism ou Stereossauro. Na categoria de melhor fotografia está na corrida uma imagem do concerto de Estraca, promessa do hip hop que atuou em Vila Nova de Foz Coa pela primeira vez, registada por Sara Franco.

Ao todo, são 25 as categorias a concurso, estando a votação aberta ao público. A cerimónia de entrega de prémios da 5.ª edição dos Iberian Festival Awards está marcada para 14 de março de 2020, na FIL, em Lisboa, no âmbito do Talkfest – Internacional Music Festivals Forum. A votação pode ser realizada aqui.

Continuar a ler...

Música

Luzi Ramos lança “Meu Anjo”

Foi na Cidade Invicta que a aventura musical começou para Luzi Ramos, ao integrar um grupo musical (Papoites), em 2008. Desde 2013, Luzi reside em Londres, onde dá continuidade à sua carreira musical, desta vez a solo.

Descobrir

Publicado há

em

Por:

Luzi Ramos, nome artístico de Luzivar dos Ramos Sacramento, nasceu em São Tomé, a 1 de Novembro de 1990. Com o objetivo de terminar os estudos, em 2006, mudou-se para o Porto.

Foi na Cidade Invicta que a aventura musical começou para Luzi Ramos, ao integrar um grupo musical (Papoites), em 2008. Desde 2013, Luzi reside em Londres, onde dá continuidade à sua carreira musical, desta vez a solo.

A paixão, a saudade e o ritmo lento e suave são características dos projetos do artista, que conta já com dois singles no mercado “Não te Amo” e “A Nossa Música”, com milhares de vizualizações no YouTube.

A 18 de outubro, o artista apresenta-nos o seu novo single “Meu Anjo”. Um tema apaixonante que promete fazer derreter todos os corações do público.

Continuar a ler...

Música

Tsunamiz lança vídeo para o segundo single do seu terceiro álbum New Birth Guerrilla

De acordo com o músico: “O vídeo pretende captar o conflito entre aquilo que é esperado de uma mulher por uma sociedade conservadora e aquilo que efetivamente habita no interior da sua mente. A liberdade de expressão, artística e social são uma questão de direitos humanos.

Descobrir

Publicado há

em

Por:

Soda é o segundo tema a ser extraído do novo álbum lançado este ano pelo músico e produtor da Margem Sul. O vídeo conta com a atuação da atriz e artista visual dos Balcãs Natasha Chikori e a performance foi inspirada pela cena do túnel do filme de culto Possessão realizado pelo falecido Andrzej Zulawski.

De acordo com o músico: “O vídeo pretende captar o conflito entre aquilo que é esperado de uma mulher por uma sociedade conservadora e aquilo que efetivamente habita no interior da sua mente. A liberdade de expressão, artística e social são uma questão de direitos humanos, invioláveis e verdadeiramente sagrados. É esse o manifesto do vídeo.” O vídeo encontra-se disponível no canal oficial de YouTube do artista.

Tsunamiz é o nome artístico de Bruno Sobral, um músico, cantor, compositor e produtor português conhecido pela sua fusão de vários estilos musicais que vão desde o rock alternativo e música eletrónica ao hip-hop e música folk.

Continuar a ler...

A não perder...

Copyright © 2019 Descobrir, um site sobre cultura, ciência e lazer.