Ligue-se a

Cultura

Projeto Nortear promove Residência Artística de Ilustradores

A iniciativa faz parte do projeto Nortear, cuja continuidade até 2021 está já assegurada, promovido pela Consellería de Cultura e Turismo – Xunta de Galicia (Espanha), pela Direção Regional de Cultura do Norte (Portugal) e pelo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galiza-Norte de Portugal.

Descobrir

Publicado há

em

Nortear ilustrado San Simón é um encontro de ilustradores, a decorrer nos dias 20, 21 e 22 de setembro, na Illa de San Simón, em Vigo, em formato de residência artística, onde participarão dois jovens ilustradores portugueses – Fátima Bravo e Eduardo Porto.

Ao longo de três dias, os participantes deste evento desenvolverão uma programação extensa e variada, que inclui oficinas, palestras, serigrafia.

O material produzido no âmbito desta residência artística será reunido numa publicação conjunta e resultará, igualmente, numa exposição coletiva, a que se juntarão os materiais resultantes de futuras reuniões de ilustradores.

A iniciativa faz parte do projeto Nortear, cuja continuidade até 2021 está já assegurada, promovido pela Consellería de Cultura e Turismo – Xunta de Galicia (Espanha), pela Direção Regional de Cultura do Norte (Portugal) e pelo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galiza-Norte de Portugal.

Estas três entidades colaboram de forma continuada, promovendo diferentes atividades, tendo em vista o conhecimento mútuo da cultura, da literatura e da criação artística em geral, em ambos os territórios, impulsionando a expansão e o conhecimento do tecido cultural/artístico, bem como estimulando dinâmicas de colaboração entre os agentes culturais deste espaço de cooperação, assumindo-se como um polo cultural, que se pretende de referência a nível europeu, no domínio da cooperação transfronteiriça na área cultural e criativa.

A operação NORTEAR II, aprovada em meados deste ano para execução em 2020/2021, mantém os objetivos e as ações do Nortear, tais como: prémio literário Nortear; criação artística transdisciplinar sob o mote da obra literária vencedora; conversas, tertúlias literárias Nortear; encontros, residências de criação artística; intercâmbio de obras literárias, publicações e/ou exposições Nortear. Amplia, ainda, a sua área de atuação à produção de rotas literárias e documentários sobre uma série de escritores galegos para integração na plataforma Escritores a Norte, criada pela Direção Regional de Cultura do Norte.

Continuar a ler...
Comentar (clique aqui)

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cultura

“Olhem os Caretos”. A canção da Quinta do Bill que quer ajudar os Caretos de Podence a ser Património da Humanidade

Com uma sonoridade que não esquece a música tradicional de Trás-os-Montes, o novo tema transmite alegria e convida todos a cantar e a dançar.

Descobrir

Publicado há

em

Por:

Quinta do Bill

Já está disponível o hino que a Quinta do Bill criou para a candidatura dos icónicos mascarados transmontanos a Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO. Chama-se “Olhem os Caretos” e conta com letra de Sebastião Antunes e música da Quinta do Bill.

Com uma sonoridade que não esquece a música tradicional de Trás-os-Montes, o novo tema transmite alegria e convida todos a cantar e a dançar.

“Olhem os Caretos” surgiu de um desafio lançado pela associação dos Caretos de Podence e foi prontamente aceite pela Quinta do Bill, que tem já uma ligação especial a Trás-os-Montes, fruto dos inúmeros concertos realizados nesta região do país.

A decisão da UNESCO à candidatura dos conhecidos Caretos é conhecida este mês.

Continuar a ler...

Música

Côa Summer Fest nomeado para os Iberian Festival Awards

O festival, o único da região a concurso, é ainda destaque na categoria de melhor performance com a atuação de Murta, o cantor que ficou conhecido no The Voice e que lançou, recentemente, o seu primeiro álbum “D’Art Vida”, que está nomeado entre outros nomes como Dino S’antiago, Blasted Mechanism ou Stereossauro. Na categoria de melhor fotografia está na corrida uma imagem do concerto de Estraca, promessa do hip hop que atuou em Vila Nova de Foz Coa pela primeira vez, registada por Sara Franco.

Descobrir

Publicado há

em

Por:

GlowBubble

O Côa Summer Fest está nomeado para a 5.ª edição dos Iberian Festival Awards, prémios que visam distinguir os melhores festivais musicais portugueses e espanhóis. O evento foz-coense, que já esteve nomeado, em 2016, para melhor festival de pequena dimensão, volta este ano à competição na mesma categoria e também nas de melhor programa cultural, melhor fotografia e melhor performance. As votações para eleger os vencedores decorrem online, até dia 7 de janeiro.

“Sermos nomeados entre dezenas de bons festivais e em diferentes áreas é extremamente gratificante, sobretudo quando caminhamos para o décimo aniversário do nosso festival. O Côa Summer Fest é para nós um projeto muito especial, feito por jovens e para jovens, sempre com o objetivo de colocar Foz Côa no mapa, pelo que ser distinguidos em áreas como programa cultural ou de melhor festival de pequena dimensão vem validar o nosso trabalho e evidenciar que estamos, de facto, a criar uma marca no panorama musical e cultural português”, refere Rui Pedro Pimenta, da organização do Côa Summer Fest.

O festival, o único da região a concurso, é ainda destaque na categoria de melhor performance com a atuação de Murta, o cantor que ficou conhecido no The Voice e que lançou, recentemente, o seu primeiro álbum “D’Art Vida”, que está nomeado entre outros nomes como Dino S’antiago, Blasted Mechanism ou Stereossauro. Na categoria de melhor fotografia está na corrida uma imagem do concerto de Estraca, promessa do hip hop que atuou em Vila Nova de Foz Coa pela primeira vez, registada por Sara Franco.

Ao todo, são 25 as categorias a concurso, estando a votação aberta ao público. A cerimónia de entrega de prémios da 5.ª edição dos Iberian Festival Awards está marcada para 14 de março de 2020, na FIL, em Lisboa, no âmbito do Talkfest – Internacional Music Festivals Forum. A votação pode ser realizada aqui.

Continuar a ler...

Música

Luzi Ramos lança “Meu Anjo”

Foi na Cidade Invicta que a aventura musical começou para Luzi Ramos, ao integrar um grupo musical (Papoites), em 2008. Desde 2013, Luzi reside em Londres, onde dá continuidade à sua carreira musical, desta vez a solo.

Descobrir

Publicado há

em

Por:

Luzi Ramos, nome artístico de Luzivar dos Ramos Sacramento, nasceu em São Tomé, a 1 de Novembro de 1990. Com o objetivo de terminar os estudos, em 2006, mudou-se para o Porto.

Foi na Cidade Invicta que a aventura musical começou para Luzi Ramos, ao integrar um grupo musical (Papoites), em 2008. Desde 2013, Luzi reside em Londres, onde dá continuidade à sua carreira musical, desta vez a solo.

A paixão, a saudade e o ritmo lento e suave são características dos projetos do artista, que conta já com dois singles no mercado “Não te Amo” e “A Nossa Música”, com milhares de vizualizações no YouTube.

A 18 de outubro, o artista apresenta-nos o seu novo single “Meu Anjo”. Um tema apaixonante que promete fazer derreter todos os corações do público.

Continuar a ler...

A não perder...

Copyright © 2019 Descobrir, um site sobre cultura, ciência e lazer.